conta coisas

www.lugarlotado@gmail.com

quinta-feira

dia


tem dias que ela se envolve, faz-se  maior que o mundo, dá para rir, já que nem é a maior do seu sofá
tem dias que lhe dói a barriga, lírica deseja estar possuída  por um nervoso de amor, dá para chorar,  é da ânsia de não encontrar o que a alimente
tem dias que sonha, um sonho de desejo suave, cruel roçar na frieza de um real, dá para afligir, é um sonho lavrado a pestanas molhadas
mas, tem dias, que ela se abraça ao nada, não pensa em nada, não quer nada, não espera nada, não dita nada, não manda nada, não sabe nada e tola  ri. Afinal não crê nessa felicidade tão imensa, na grandiosidade de saber viver, o bom sabor que é, a liberdade do sentir nada. Tola! 

9 comentários:

Shiver disse...

Sentir é bom mas não sentir nada também sabe bem de vez e quando.
Serei tolo?

DoiSaboresELA disse...

Há dias em que sim e há dias em que não. O melhor às vezes é não pensar.
um beijo :)

lugar lotado disse...

Tolo? Não! Quem sabe invulgar!

;)
Beijo

lugar lotado disse...

Só é por vezes difícil esse exercício.

Beijo 2ELA

Algures disse...

É tão boa essa tolice de ser livre para sentir, nada que seja... :-)

lugar lotado disse...

Por vezes um só momento é o suficiente para se amar o nada.

Beijo Algures :)

Lynce disse...

Okapa Bia, agora acho que sim, que vou ter acesso definitivo ao teu blogue.
Beijinho!

lugar lotado disse...

Já cá cantas! ;)

Beijo

Algures disse...

Sem dúvida. Um momento, pode definir um sem número de momentos.

Beijo* :-)