conta coisas

www.lugarlotado@gmail.com

quinta-feira

Mentiras ou verdades mal contadas

à vontade não se negavam. Desceu à cave, sobre o ranger da madeira centenária. A porta abriu a um toque familiar. A casa sombria sorria ao regresso de quem vai e vem, agora com menor frequência.
Entrou já enrolada nela, palavras não existiam, a cumplicidade de anos sabia que aquelas visitas eram fruto de ausência de atenção do outro mundo, um mundo exterior àquela cave de tão pouco espaço. Ali só se carregava a imensidão do tesão. 
Tentou um telefonema horas antes, mas as linhas não correspondiam com aquela realidade, não existia quaisquer vínculos tecnológicos. Descia-se à cave e os nós das mãos quebravam as saudades ao som falado da porta que sempre se abria. 
Ligavam-se num só sentir, depois de darem entrada em modo pausa aos afazeres mundanos, tão pouco excitantes.
Ambas eram o supremo do prazer a outrem, afectas ao tão pouco recebido, do tão pouco que lhes davam. Ali, na cave húmida, roçavam ao exagero e à doença do tanto querer, ainda que por si só, parecesse nunca chegar.
Ignoraram o tempo, quão próximas de se perderem na passagem para lá do avesso do espelho. E amaram sem limite, tocaram em carícias comuns e beijaram por bocas iguais, numa sintonia presenciada a bichos de prata que vagueavam entre os livros abandonados, num chão pouco asseado. 
Cândidas, molhadas de tudo, os corpos adormeceram e evaporaram como gotas que só marcaram um dia, uma passagem num vidro de duche. 

8 comentários:

Black label disse...

O texto está lindo..mas fiquei tão encantado com a imagem..que para a primeira visita ! fico assim ! apreciando a imagem...

DoiSaboresELA disse...

Perdi-me na humidade, no roçar de dois corpos tão parecidos mas tão únicos. Perco-me em ti sempre que venho aqui :)

Um beijo grande

GANDALF disse...

Um belo momento de sensações e prazer,adorei :)

Morpheo disse...

'entrou já enrolada nela'? Não sei se leia se feche os olhos...

beijo meigo.

lugar lotado disse...

Bom saber-te aqui, junto-me neste final de refeição. Aceito igual Black Label.

Beijo e obrigada por teres vindo.

lugar lotado disse...

2Ela, aqui é igual sabor ao teu ;)

Um beijo carregado de humidade.

lugar lotado disse...

Gandalf o prazer é nosso, que bom, que bom...

Beijo

lugar lotado disse...

Morpheo, acredito que consegues "viajar" de olhos abertos.
Com olhos fechados, outras coisas desenrolarão...

Beijo imaginado.