conta coisas

www.lugarlotado@gmail.com

quinta-feira

breve fábula 1 ( fim )

Inventava idas à janela. Agora demasiado sóbria, espreitava a cada meia hora. 
Fechava os olhos e via-o lá, avistava o homem mais bonito que vira até àquela bendita manhã, não passando, quem sabe, de uma miragem que lhe parecera real.
Vários dias surgiram e acabou por chegar os primeiros chuviscos. A fonte sem atividade enchera-se de água suja e as primeiras folhas de outono já se banhavam nela. Da ilusão, nada!
O gato, pareceu-lhe doente. Ao fundo, avistava-o por cima dos telhados de zinco, com ares igual ao tempo, cinzento. Percebia-o baço, cabisbaixo, enfiado finalmente num ser só. Perdera a vivacidade, o brilho e o entusiasmo do último verão e vagueava sem sentido por aqueles quintais, ainda assim, revelando que dali também não teria vontade de desaparecer.
Esperavam os dois, uma espera que pelo jeito não fazia sentido. Um esperar por alguém que nunca chegara a entrar em casa, onde dentro mora o vazio. Esperavam um alguém sem destino, quem sabe com chaves, mas sem saber que chaves tem.
E o tempo nunca parou, o sol continuou a criar sombras, o vento soprou movimentos e a chuva tinha pretensões a lavar o que poderia vir a ser um dia novo.
Ao fundo, bem lá longe, os olhos do gato cruzaram como os dela que viera à janela. Ele, empinou os bigodes, esticou os ossos como quem faz flexões, deu duas voltas sobre si e enrolou o corpo para descansar numa nesga de sol que rasgava entre prédios. Ela, encolheu os ombros, soltou um suspiro sem mais tradução. 


5 comentários:

Shiver disse...

Qualquer dia volta o sol para mandar a chuva embora.......

Casaert disse...

:D também nós esperamos par te ler...

Shalom!

DoiSaboresELA disse...

Uma espera eterna... E assim passa o tempo...
Beijos grandes :))

lugar lotado disse...

Beijos a quem me acompanha e aprecia esperar ;)

Obrigada DoiSabores, Shiver e Casaert.

Black label disse...

A fabula não li toda..pois esta era a parte final e devido á minha ausência em lugares remotos mas igualmente belos ! Fico-me pelo comentário á foto ! hummm delicia de "luz".